5 benefícios de atuar ativamente na resolução de conflitos

5 benefícios de atuar ativamente na resolução de conflitos

Quem já enfrentou algum problema em alguma empresa sabe que o setor de Recursos Humanos tem um papel essencial na resolução de conflitos. Afinal, desentendimentos entre a equipe ou gestores trazem diversos malefícios. Por exemplo, perda de produtividade, baixa motivação, aumento do turnover  e muitos outros. E, claro, o RH é o responsável por atenuar as tensões.

Os gestores de RH devem atuar de forma proativa para evitar ou resolver esses tipos de ocorrência, que podem prejudicar o clima organizacional. Entre as medidas possíveis estão o apoio psicológico aos colaboradores e a proposição de soluções imediatas.

Importância da resolução de conflitos

A resolução de conflitos desempenha um papel fundamental em qualquer ambiente, seja pessoal ou profissional. É um processo que visa encontrar soluções para os problemas e divergências, promovendo a harmonia, o entendimento mútuo e o desenvolvimento das relações interpessoais.

Para ajudar você a entender melhor o papel da mediação do RH para manter o bom clima organizacional, listamos aqui 5 benefícios fruto da atuação ativa na resolução de conflitos. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

1. Retenção de talentos

Reter talentos é um desafio para os gestores de RH que precisam manter no quadro da empresa os funcionários que mais se destacam em suas tarefas. No entanto, é preciso lembrar que nem sempre é um alto salário que segurará um talento.

É nesse contexto que gerenciar conflitos também pode contribuir para que esses perfis não abandonem a companhia. Com essas ações, eles conseguirão se sentir bem, motivados e valorizados em seu local de trabalho.

Confira: A importância do fit cultural na retenção de talentos

2. Gestão estratégica

A administração e a comunicação interna são áreas que convergem para o setor de recursos humanos. Isso porque elas demandam ações incisivas, planejadas e estruturadas, com metas e objetivos bem definidos.

Aqui, mediar conflitos também é algo que exige um planejamento que vise a uma gestão estratégica. É preciso despertar esse espírito de otimização na execução de tarefas em todos os funcionários da empresa.

3. Aumento da produtividade

Colaboradores que deixam de lado briguinhas, fofocas e pequenos conflitos internos tendem a aumentar a produção. Além disso, conseguem exercer suas tarefas de forma mais plena e organizada.

Com todas as pessoas tendo um bom relacionamento na empresa, o trabalho em equipe também tende a ser mais produtivo. Isso, por sua vez, evita que erros aconteçam no processo operacional porque alguém deixou de cumprir sua função, por exemplo.

Veja: Qual a relação entre comportamento e produtividade no ambiente de trabalho?

4. Diminuição do turnover

Pode até não parecer, mas grande parte do turnover ocorre pelos conflitos internos. Isso acontece no relacionamento entre chefias e subordinados, um dos casos que mais merece atenção dos recursos humanos.

A rotatividade representa, muitas vezes, prejuízo e perda de tempo para a empresa, Além de arcar com rescisões trabalhistas, ela também precisa dispor de tempo para a seleção e contratação de novos perfis. Com a gestão de conflitos internos, esse problema pode diminuir bastante.

Acesse: Descubra aqui 5 ações para reduzir o turnover na empresa

5. Maior integração entre os times

Não se deve forçar a amizade entre a equipe, pois isso é algo que acontece de forma natural. Na verdade, nem sempre as pessoas terão afinidades o bastante para se tornarem amigas. No entanto, o respeito, o coleguismo e o trabalho em equipe devem ser sempre estimulados.

Por isso, a ideia é que a resolução de conflitos também resulte em equipes ou times mais integrados e engajados. Para juntos atingirem resultados positivos, tanto para suas carreiras quanto para a empresa.

6. Promover o crescimento pessoal e profissional

A resolução de conflitos exige a aplicação de habilidades como empatia, comunicação eficaz, negociação e flexibilidade. Ao desenvolver essas habilidades, os indivíduos têm a oportunidade de crescer pessoalmente e profissionalmente, aprimorando suas competências interpessoais e tornando-se mais resilientes diante de situações conflituosas.

7. Evitar escaladas e prevenir crises

Conflitos não resolvidos têm o potencial de se intensificar e se transformar em crises maiores. Ao lidar com os conflitos de maneira proativa e eficaz, é possível evitar escaladas e crises prejudiciais, economizando tempo, recursos e energia emocional.

Você pode gostar também: Entenda Como Identificar E Desenvolver As Soft Skills Dos Seus Colaboradores.

8. Aumentar a eficácia da comunicação

Muitos conflitos surgem devido a falhas na comunicação. Resolver os conflitos requer a capacidade de ouvir ativamente, expressar-se de forma clara e objetiva, e buscar um entendimento comum. Ao praticar a resolução de conflitos, as habilidades de comunicação são aprimoradas, promovendo a clareza e a assertividade nas interações.

Por fim, viu só como a resolução de conflitos apresenta diversas vantagens para as empresas? Então, agora é com você: divulgue este conteúdo nas suas redes sociais e ajude seus colegas gestores a ficarem cientes de todas essas vantagens!

Se preferir, fale com a gente!