A importância da saúde mental na indústria

A importância da saúde mental na indústria

Você já parou para refletir que quase tudo o que consumimos na atualidade é fruto do trabalho na indústria? Mesmo sendo um ramo tão importante, os profissionais da área ainda sofrem com doenças ocupacionais, doenças do trabalho e exposição ao risco de acidentes. Por que questões como o Burnout ainda são uma realidade? Por que os índices de absenteísmo e turnover são altos? Um palpite é que ainda pouco se fala sobre saúde mental na indústria.

Contudo, abordar o assunto é muito importante para garantir um ambiente sadio e seguro, tendo em vista que, segundo o Ministério da Saúde, uma a cada cinco pessoas sofrem de problemas de saúde emocional nos dias de hoje. Ao implementar ações com foco na saúde mental, a indústria consegue melhorar o engajamento e a produtividade da equipe, além de prevenir adoecimentos e acidentes. Mas por onde começar?

A importância da saúde mental na indústria

Por que falar de saúde mental nas indústrias?

Sabendo que a saúde mental é entendida como um estado de bem-estar em que o indivíduo é capaz de usar as suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade, é crucial que ela seja uma prioridade.

O primeiro passo é conscientizar as indústrias acerca da importância da manutenção da saúde mental no ambiente de trabalho. Nesse sentido, é interessante que elas entendam que alguns comportamentos, como cobrança excessiva, falta de comunicação, metas intangíveis, chefias autoritárias, não cabem mais na atualidade. 

Inclusive, hoje, contamos com as Normas Regulamentadoras de Segurança do Trabalho, que, em resumo, consistem em obrigações a serem cumpridas pelos trabalhadores e pela empresa. Além da proteção física, elas visam à manutenção da saúde emocional a fim de evitar fatores de risco como ansiedade, depressão, estresse e, consequentemente, afastamentos e rotatividade.

Como colocar em prática a saúde mental nas indústrias?

Muitas ações podem ser implementadas com foco na saúde mental. Entre elas, organizar a rotina de trabalho, oferecer treinamentos para a liderança, melhorar a comunicação, proporcionar um ambiente salubre, bem como implantar metas tangíveis e feedbacks constantes.

Na verdade, falar em saúde emocional na indústria significa levar em conta os vários impactos que o ambiente tem no psicológico das pessoas. Pensando nisso, as recomendações para manter a segurança e saúde do trabalhador também giram em torno de:

Introduzir uma cultura organizacional 

Quando a indústria tem no time profissionais que conhecem e compartilham a sua essência e os seus valores, ela se torna capaz de automatizar processos e melhorar a performance como um todo. A sensação de pertencimento aumenta a motivação, a produtividade e melhora o humor.

Oferecer benefícios

Benefícios como como plano de saúde, plano odontológico, gympass, vale-cultura são ações que incentivam a equipe a cuidar da saúde como um todo.

Treinamentos

A capacitação dos profissionais deve ficar em primeiro plano, tendo em vista que contribuem na prevenção doenças oriundas do estresse psicológico e ajudam o profissional a se proteger do risco. 

Construir um bom clima organizacional

O clima organizacional é uma ótima forma de avaliar como anda o ambiente de trabalho — positivo, colaborativo, produtivo ou não. A ideia é construir um bom relacionamento entre as equipes, baseado em respeito, diálogo e compreensão, afinal, o isolamento e a falta de comunicação são fatores que desencadeiam consequências na saúde mental dos profissionais. Uma boa estratégia é incluir ações de endomarketing, com confraternizações internas, happy hours, rodas de conversa, festa de aniversariantes etc. Além disso, a segurança psicológica é outro item que contribui para o bom clima organizacional, por isso, é essencial também uma liderança capacitada.

Entenda as principais diferenças entre cultura e clima organizacional

Investir na comunicação para saúde mental nas indústrias

Muitos operários ainda veem a saúde mental como um tabu, tendo dificuldade para identificar problemas como ansiedade e depressão. É por isso que a comunicação deve ser a melhor possível, principalmente em ambientes onde existe um número grande de profissionais, como, geralmente, é o caso das indústrias. Uma opção é oferecer feedbacks individuais e, paralelamente, abrir um canal onde todos possam se expressar. 

A comunicação interna também é essencial para dar voz ao colaborador, que, aos poucos, desenvolve uma relação de confiança e transparência com a equipe. Aposte em um ambiente onde ele possa emitir opiniões, dar sugestões e falar sem medo de ser recriminado. 

Se você chegou até aqui já sabe que a saúde emocional no trabalho e, sobretudo, na indústria precisa ser uma prioridade. Como começar?

Conheça a nossa ferramenta de avaliação psicológica

Podemos dizer categoricamente que a avaliação da saúde emocional não se reduz somente a aspectos como depressão e ansiedade, mas diz respeito a uma análise dos fatores protetivos e de risco que podem afetar em menor ou maior grau a vida do colaborador. 

Esses fatores, também conhecidos como psicossociais, estão presentes em todos os âmbitos da vida do sujeito. Eles podem ser decorrentes, por exemplo, do trabalho, da família, das relações sociais e de suas características pessoais.

Tendo isso em mente, vale ressaltar que a MAPA trabalha com soluções que dizem respeito à manutenção da saúde física e emocional do colaborador. O teste de personalidade MAPA, por exemplo, é um instrumento que possibilita às empresas o acesso a resultados mais profundos por meio da avaliação da personalidade.

Ou seja, o instrumento avalia características pessoais que nos dizem o que pode impactar o profissional no contexto específico em que se encontra. Os dados são seguros e podem ser usados de forma a fundamentar e a justificar a implantação de políticas de cuidado, prevenção e promoção à saúde emocional na indústria.

Converse com um especialista MAPA e saiba mais sobre o teste de personalidade com amostra 100% brasileira!