Avaliação psicológica ou avaliação comportamental: entenda quando usá-las

Avaliação psicológica ou avaliação comportamental: entenda quando usá-las

Para quem não está tão habituado com a área de Recursos Humanos, os conceitos de avaliação psicológica e avaliação comportamental podem acabar se confundindo. Porém, é importante destacar que essas abordagens possuem distinções que podem mudar completamente a atuação da empresa e os resultados alcançados.

Vamos entender melhor?

Por que optar por avaliação psicológica e comportamental nas empresas?

Entenda que, seja uma avaliação psicológica ou comportamental, o objetivo central é melhorar os processos da empresa. Ou seja, alavancar vendas, maximizar lucros, ter uma comunicação clara e assertiva, reduzir custos e reter talentos são somente alguns exemplos de como usá-las.

Para ganhar notoriedade no mercado, é preciso contar com ferramentas que permitam dar um passo além da concorrência. Na maioria das vezes, o diferencial não é o melhor maquinário ou tecnologias de ponta. 

Mais do que isso, é preciso ter no time profissionais capacitados e adequados para desempenhar suas tarefas de maneira eficaz, buscando cumprir os objetivos e metas da organização. 

Pensando nisso, os profissionais de RH têm em mãos diversos recursos para ter um processo de recrutamento e seleção eficiente. Entre eles, a avaliação psicológica e a avaliação comportamental. 

Avaliação psicológica e comportamental: quais as diferenças?

A avaliação psicológica pode ser entendida como um processo estruturado cujo objetivo é investigar fenômenos psicológicos, como as características e particularidades de um indivíduo ou de um grupo. 

Ela tem como objetivo facilitar a tomada de decisão e engloba a integração de informações que são fruto de diversas fontes, como testes psicológicos, entrevistas, análises de documentos, dinâmicas de grupo etc.

É possível dizer que, com a avaliação psicológica, a empresa é capaz de identificar traços de personalidade, bem como coletar dados acerca da inteligência, aspectos emocionais, habilidades cognitivas, entre outros.

No âmbito corporativo, a avaliação psicológica é bastante útil, uma vez que norteia em que setor ou cargo o candidato à vaga pode trabalhar com as características e habilidades que possui. 

Vale ressaltar que os resultados da avaliação psicológica devem levar em conta e analisar o contexto histórico e social do profissional, bem como os seus efeitos sobre ele. A proposta é que ela atue não apenas sobre o sujeito, mas de forma a modificar os condicionantes que operam desde a formulação da demanda até o fim do processo. 

Veja: Avaliação Psicológica Para Empresas De Risco Grau 4

Avaliação comportamental

E a avaliação comportamental, como ela se caracteriza? Na verdade, trata-se de um processo de mapeamento de postura e comportamento observável do indivíduo, como  o próprio nome sugere. O objetivo aqui é fazer uma análise comportamental a fim de identificar e perceber os padrões do candidato ou do profissional, bem como as suas atitudes e desempenho.

A avaliação comportamental, uma vez que compreende as habilidades e limitações do indivíduo, serve como uma proposta de autoconhecimento. Ela identifica os pontos fortes e os pontos a desenvolver de determinada pessoa, permitindo uma maior assertividade no processo seletivo. Isso levando em conta que cada vaga possui as suas especificidades, que devem estar de acordo com o perfil do candidato. 

Em síntese, esse tipo de avaliação visa à identificação das características individuais de cada pessoa, buscando entender: qual é a sua atitude em relação a outros indivíduos? Como determinada pessoa se comporta diante de diferentes situações? Quais são os elementos que a motivam, por exemplo?

A avaliação comportamental, além de contribuir para os processos de recrutamento e seleção, ainda ajuda a diminuir o turnover, bem como a aumentar a produtividade e a motivação dos funcionários.

Principais diferenças entre essas avaliações

De forma resumida, a avaliação comportamental possibilita o entendimento do padrão de comportamento observável de determinado indivíduo perante diversas situações. 

Já a avaliação psicológica auxilia na tomada de decisão e traz informações que permitem o desenvolvimento de hipóteses sobre o profissional ou grupo. Por ser mais ampla, possibilita perceber a fundo os fenômenos psicológicos, características de personalidade, atenção, raciocínio e inteligência, compreendendo, assim, como o profissional se comporta e sente.

Em outras palavras, a avaliação comportamental está relacionada ao comportamento, ou seja, serve para identificar os padrões do candidato, atitudes e desempenho. Já a avaliação psicológica, está mais atrelada a processos psicológicos. Aqui, o propósito é entender a forma como o indivíduo atua psicologicamente e suas capacidades.

Um adendo muito importante: segundo o Conselho Federal de Psicologia (CFP), o psicólogo é o único profissional que tem a permissão para fazer avaliações psicológicas e comportamentais.

Soluções da MAPA 

Na MAPA, usamos uma metodologia completa para entender pessoas por meio de ciência e dados. A nossa atuação engloba cultura organizacional, liderançasegurança do trabalhosaúde emocional e muito mais.

Dentro da avaliação psicológica, oferecemos às empresas o teste de personalidade MAPA, uma ferramenta 100% on-line que evidencia características emocionais, motivacionais e atitudes de determinada pessoa ou grupo. Nesse sentido, mostra como os sujeitos tendem a se comportar em situações distintas, sendo crucial no ambiente de trabalho.

O MAPA avalia até 48 traços, trazendo uma profunda análise que pode auxiliar na tomada de decisões dentro da empresa. A amplitude de traços avaliados por este teste permite resultados mais profundos e, assim, mais eficientes.

As vantagens do uso do nosso instrumento são várias. O MAPA:

  • Verifica a disposição da pessoa em se envolver com situações de risco;
  • Possui cinco estudos de validade e dois estudos de precisão;
  • É um teste on-line com sistema de gestão;
  • Armazena os testes na Nuvem e oferece backup constante.

Então, que tal conhecer de perto a nossa ferramenta que gera dados por meio da avaliação de personalidade?

Entre em contato com um de nossos especialistas!