Inteligência emocional no trabalho: como identificá-la nos candidatos?

Inteligência emocional no trabalho

A inteligência emocional no trabalho é um aspecto crucial que influencia diretamente na produtividade e na satisfação dos colaboradores. Para o setor de recursos humanos, entender e identificar a inteligência emocional nos candidatos é essencial durante o processo de recrutamento e seleção. Afinal, ela demonstra o potencial de adaptação, comunicação e liderança de cada indivíduo.

A inteligência emocional refere-se à capacidade de reconhecer, compreender e gerenciar nossas próprias emoções e as emoções dos outros. É uma habilidade valiosa que orienta o pensamento e o comportamento de maneira inteligente e equilibrada. Mas como isso se aplica ao local de trabalho?

Veja nosso e-book sobre Inteligência Emocional​

Veja ainda: Você sabe o que é a inteligência emocional? Aprenda aqui!

O que é a inteligência emocional no trabalho?

O que é a inteligência emocional no trabalho?

A inteligência emocional no trabalho é a capacidade que a equipe tem de saber como lidar com as suas próprias emoções. Bem como a forma como elas interferem em seu comportamento na empresa.

Os autores Salovey e Mayer discriminam a inteligência emocional nos ambientes de trabalho em cinco etapas:

Autoconsciência

Trata-se da habilidade de saber conhecer as suas próprias emoções. E, assim, saber lidar com os seus pontos fortes e fracos.

Autodomínio

Diz respeito ao controle das emoções e da resiliência. É o que ocorre quando se consegue manter a calma em uma situação de tensão, por exemplo.

Automotivação

Envolve o domínio de sentimentos de perseverança e entusiasmo. Uma pessoa assim cria suas próprias metas para alcançar os seus objetivos pessoais.

Empatia

Significa saber se colocar no lugar dos outros, compreender e respeitar opiniões contrárias às suas.

Habilidades sociais

Facilidade de se relacionar com outras pessoas, sobretudo aquelas que têm outros pontos de vista. Também envolve ser capaz de negociar, gerenciar conflitos e trabalhar em equipe.

Qual é a importância para as empresas?

As empresas buscam funcionários que possuam não apenas conhecimentos técnicos, mas também inteligência emocional. Indivíduos emocionalmente inteligentes entregam um trabalho de melhor qualidade, relacionam-se bem com colegas e chefias, e demonstram características positivas no ambiente profissional.

Confira: Inteligência emocional: como desenvolver nos colaboradores?

Como as empresas podem promover a inteligência emocional em seus ambientes de trabalho?

Como as empresas podem promover a inteligência emocional em seus ambientes de trabalho?

Sensibilização e treinamento

As empresas podem oferecer treinamentos e workshops sobre inteligência emocional, ajudando os funcionários a entender e desenvolver suas habilidades emocionais. Isso pode incluir atividades práticas, discussões em grupo e ferramentas para aprimorar a autoconsciência, a autorregulação, a empatia e as habilidades sociais.

Liderança emocionalmente inteligente

Os líderes desempenham um papel crucial na promoção da inteligência emocional em suas equipes. Líderes emocionalmente inteligentes demonstram habilidades de autoconsciência, autorregulação e empatia, e também incentivam e apoiam o desenvolvimento dessas habilidades em seus funcionários. Eles criam um ambiente de trabalho emocionalmente seguro e estão abertos ao feedback e à comunicação aberta.

Você pode gostar também: A importância do feedback para o desenvolvimento da equipe

Comunicação eficaz

Promover uma comunicação aberta e honesta no local de trabalho é essencial para o desenvolvimento da inteligência emocional. Isso envolve ouvir ativamente os outros, ser claro e direto em suas próprias comunicações, e ser sensível às emoções e reações dos outros.

Cultura organizacional positiva

As empresas podem criar uma cultura organizacional que valoriza a inteligência emocional, incentivando o respeito mútuo, a colaboração e o apoio emocional entre os funcionários. Isso pode ser feito por meio de programas de bem-estar, políticas de flexibilidade no trabalho, incentivos para o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e programas de reconhecimento e recompensa.

Feedback e desenvolvimento contínuos

A promoção da inteligência emocional deve ser um processo contínuo, com espaço para feedback regular e desenvolvimento individual. As empresas podem oferecer programas de mentoria, coaching ou outras oportunidades de crescimento pessoal e profissional que incentivem a melhoria da inteligência emocional.

Como avaliar a inteligência emocional de um candidato?

A avaliação da inteligência emocional pode ser feita por meio de testes aplicados por psicólogos ou até mesmo por sistemas web avançados. Com base nos resultados, o psicólogo pode indicar o perfil ideal para cada vaga e sugerir métodos para o desenvolvimento emocional dos candidatos.

A inteligência emocional é uma habilidade essencial no mundo profissional, e as empresas que a promovem em seus ambientes de trabalho colhem os benefícios de uma equipe mais produtiva, engajada e emocionalmente equilibrada.

Converse com a gente!