O que é uma escala de autorrelato no teste de personalidade?

O que é uma escala de autorrelato no teste de personalidade?

Você já pode ter se perguntado sobre o que se trata a escala de autorrelato, que tanto falamos por aqui, sobretudo quando o assunto é o teste de personalidade MAPA. Basicamente, estamos falando de um teste psicológico em que o usuário responde uma série de questões de múltipla escolha organizadas sob um mesmo formato.

Contudo, que tal entender mais a fundo sobre a escala de autorrelato e os seus benefícios de sua utilização para uma melhor gestão estratégica?

Entendendo a escala de autorrelato

Uma maneira de interpretar os dados de testes que podem integrar uma avaliação psicológica e, consequentemente, da avaliação de personalidade, é o conceito de autorrelato. Esse conceito se baseia no uso de uma escala que avalia as respostas dos participantes aos itens do teste.

Avaliação psicológica

A avaliação psicológica é entendida, de acordo com o Conselho Federal de Psicologia, como um processo técnico e científico de coleta de dados, estudo e interpretação das informações acerca dos fenômenos psicológicos, que são fruto da relação do sujeito com a sociedade, utilizando-se, para tanto, de estratégias psicológicas – métodos, técnicas e instrumentos.

Confira: 10 Atitudes Responsáveis Na Gestão De Saúde E Segurança Para A Sua Empresa

Teste psicológico

Dentro da avaliação psicológica, há o teste psicológico, um instrumento científico capaz de medir diferenças entre indivíduos ou como eles se comportam em contextos diferentes. O teste psicológico pode, por exemplo, auxiliar na coleta de dados na avaliação da personalidade, facilitando o discernimento de tendências comportamentais.

Teste psicológico de personalidade

Para entender pessoas e a sua relação com o ambiente de trabalho, é muito comum que as empresas optem por testes psicológicos de personalidade. Eles evidenciam características e comportamentos do indivíduo, da mesma maneira como mostram traços inatos, aqueles adquiridos ao longo da vida. 

Com um teste psicológico de personalidade em mãos, a organização se torna capaz de identificar talentos, pontos fortes e de melhoria em cada pessoa, assim como valores e condutas em diversas situações. Afinal, que empresa não deseja ter alguém que se adeque à cultura e vista a camisa?

Partindo disso, vale apontar que existem diversos instrumentos que avaliam a personalidade, que podem ser categorizados de formas distintas:

Medidas objetivas ou de autorrelato 

Por exemplo, as entrevistas, inventários e escalas, que funcionam a partir do que as pessoas dizem sobre elas mesmas.

Medidas projetivas ou mais baseadas no desempenho

Essas têm como base a observação de como os avaliados exercem as funções que são definidas por eles. Exemplo é o Método de Rorschach, bastante utilizado no sistema prisional.

Escala de autorrelato

A partir desse entendimento, é possível adentrar mais no universo da escala de autorrelato, tema deste artigo.

Podemos dizer que a escala de autorrelato tem sido um dos meios mais usados na avaliação psicológica, tendo em vista que oferece dados que são diretos e precisos. Da mesma forma, a sua aplicação e correção, feita por profissional da Psicologia, são mais rápidas e práticas. Isso facilita, por exemplo, o trabalho do profissional de recursos humanos. Mas o que é o autorrelato, afinal?

O autorrelato parte da auto-observação, ou seja,  em como o sujeito se enxerga perante a vida e frente a diversas situações. Sabendo disso, na escala de autorrelato de um teste de personalidade, o avaliado preenche um questionário estruturado em que existem, por exemplo,  questões limitadas acerca de situações vivenciadas ao longo da vida.

Também é possível dizer que a escala se baseia nos princípios da psicometria e consiste em tarefas estruturadas, com limitadas alternativas de resposta e expressam os resultados por meio de números. 

Porém, não existe resposta certa ou errada na escala de autorrelato. Pelo contrário, as respostas têm como objetivo explorar a personalidade de forma a entender características e comportamentos do indivíduo. O que existe é a possibilidade de identificação de um perfil que mais se assemelha com aquilo de que a empresa precisa no momento.

Na verdade, a escala de autorrelato é uma forma ágil de coletar opiniões, ao passo que também é de simples aplicação A maioria dos questionários podem ser respondidos de 5 a 15 minutos.

Vale pontuar que esse tipo de questionário deve ser aplicado da maneira correta. Ela inclui a participação de psicólogo especialista, com CRP ativo, que seja capaz de fazer uma avaliação eficaz. 

Veja também: Guia Completo De Assessment

Teste de personalidade MAPA

O teste de personalidade MAPA, instrumento aprovado pelo CFP, foi estruturado como uma bateria fatorial de avaliação da personalidade, por meio de uma escala de autorrelato. O instrumento avalia até 48 traços da personalidade por meio de uma estrutura de fatores  testada no Brasil. 

Como consequência, permite às empresas uma análise que pode contribuir para o contexto organizacional ao realizar avaliações psicológicas. Isso seja nos recrutamentos e seleções, no planejamento de programas de desenvolvimento de pessoas, aspectos de gestão, atividade e autogestão.

Entre as vantagens do MAPA, podemos citar: os indicadores específicos para avaliação de riscos, sistema de gestão on-line, validação pelo Conselho, amostra 100% brasileira e entendimento completo do sujeito.

Venha conhecer o teste de personalidade MAPA e seja referência em avaliação psicológica no mercado de trabalho!

Clique aqui para falar com um de nossos especialistas!

Você pode gostar ainda: O Psicólogo E As Práticas De ESG Nas Empresas