Profissional flexível: por que a adaptabilidade é fundamental?

Profissional flexível: por que a adaptabilidade é fundamental?

Você sabe como encontrar um profissional flexível? Essa característica é essencial e, por isso, o setor de recursos humanos deve analisá-la em seus processos de seleção nas empresas.

Por vivermos em uma era de tecnologia, é crucial que as empresas mudem seus processos de forma constante. Afinal, elas precisam seguir o mercado para se manterem competitivas.

Dentro desse contexto, a flexibilização das pessoas é tudo. Isso pois, com a reorganização de processos,  também ocorre a reorganização de colaboradores. Quer saber mais? Então, continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

Importância da flexibilidade no trabalho

Você sabia que encontrar um profissional flexível é essencial para as empresas? Nesta era de constante mudança e avanço tecnológico, é crucial que as organizações se adaptem para se manterem competitivas. Nesse contexto, a flexibilidade dos colaboradores desempenha um papel fundamental. Continue lendo para entender mais sobre o assunto!

A importância da flexibilidade no trabalho é evidente. A capacidade de se adaptar a novas realidades e interagir facilmente com diferentes situações é essencial para a sobrevivência profissional. Um professor que não se atualiza e não utiliza novas tecnologias terá dificuldades em ensinar crianças e adolescentes de forma eficaz. Da mesma forma, um médico que não acompanha os avanços da medicina pode comprometer o diagnóstico e o tratamento de seus pacientes.

Confira: Identificação de gaps de habilidades e competências

Adaptabilidade: sobrevivência profissional

A ideia da adaptabilidade consiste em saber viver em condições distintas daquelas que nos são comuns. Podendo interagir de forma fácil a novas realidades sem precisar de muito tempo para se adaptar.

Um professor que não aplica as novas tecnologias no ensino de sua disciplina terá dificuldades para que crianças e adolescentes aprendam o conteúdo da mesma forma como ocorria anos atrás.

O mesmo acontece com um médico que não sabe lidar com a aparelhagem moderna para realizar exames. Isso pode comprometer a vida de seu paciente por não diagnosticar uma doença de forma precoce.

Esses são apenas dois exemplos entre os muitos que mostram como a adaptabilidade é crucial nos ambientes de trabalho. Sendo a principal característica do profissional flexível.

Descubra as 6 habilidades socioemocionais mais desejadas

As principais características do profissional flexível

Porém, para que você saiba como analisar se um profissional é ou não flexível, veja alguns traços que denotam essas pessoas.

Facilidade em se adequar a novas estratégias

O profissional flexível sabe se adaptar a novas estratégias da empresa sem rodeios. De certa forma, age de maneira compreensiva às mudanças para que a empresa atinja os seus objetivos. Pessoas que não estão dispostas a alterar valores antigos, como migrar do papel para o ambiente digital, não são flexíveis e fazem mal para as empresas.

Mudanças de cargo

Uma pessoa flexível é aquele que está sempre preparado para eventuais mudanças de cargo. Trata-se de alguém que deseja ter um plano de carreira e que anseia por mudanças.

Existem pessoas que se contentam com pouco e que não se aperfeiçoam naquilo que fazem. Pessoas que não querem crescer e ocupar cargos de liderança ou chefias. Esses têm uma cultura que não vai ao encontro do que se exige no mercado, podendo gerar problemas para a empresa.

Formação multidisciplinar

A era digital fez com que muitas profissões deixassem de existir ou que mudassem a forma como as atividades são feitas. É por isso que a formação multidisciplinar é uma característica que denota um bom profissional contemporâneo.

A ideia não é que a pessoa tenha formação em áreas muito distintas, como em direito e engenharia mecânica, mas alguém que pense na continuidade do ensino. Alguém que faça pós-graduações, que realize cursos, que vá a palestras e converse com outras pessoas da área etc.

Você sabia que testes de personalidade avaliam a adaptabilidade do profissional?

Testes de personalidade podem fornecer informações valiosas sobre o perfil e as características de um profissional, incluindo sua adaptabilidade. Embora nem todos os testes de personalidade avaliem diretamente a adaptabilidade, alguns traços e dimensões de personalidade podem oferecer insights sobre essa capacidade.

Por exemplo, indivíduos que pontuam alto em traços como abertura a novas experiências, flexibilidade cognitiva e tolerância à ambiguidade tendem a demonstrar maior adaptabilidade. Esses traços indicam uma disposição para abraçar mudanças, lidar com situações complexas e se ajustar a novos desafios.

Além disso, alguns testes de personalidade podem incluir escalas ou itens específicos relacionados à adaptabilidade, como a capacidade de lidar com mudanças, se adaptar rapidamente a novos ambientes, lidar com a pressão e se ajustar a diferentes estilos de liderança.

Agora que você já entende mais sobre o que é uma flexível e que sabe se adaptar ao mercado, que tal divulgar este artigo nas redes sociais? Assim você ajudará a espalhar essa realidade, essencial para a sobrevivência das empresas!

Veja: Teste de personalidade: desvendando o perfil do candidato com o MAPA

Fale com a gente!

Confira também: Avaliação psicológica: performance, desempenho e personalidade