Saúde emocional no trabalho: qual a importância e como preservá-la

Saúde emocional no trabalho: qual a importância e como preservá-la

Saúde emocional no trabalho é um tema que ganhou relevância nos últimos anos. Antes, as empresas não se importavam com o estado psicológico dos seus funcionários, desde que eles fossem capazes de cumprir suas tarefas. Porém, essa visão mudou. Agora, as empresas reconhecem a importância de cuidar da saúde emocional da equipe, pois isso afeta diretamente o desempenho e a satisfação no trabalho.

Hoje, as empresas investem em ferramentas que buscam o desenvolvimento de todos e a preservação da saúde mental. Essa é uma forma de preservá-la e garantir mais motivação e produtividade para a equipe. Além disso, ajuda a melhorar o clima organizacional.

Então, que tal contar com a Mapa para melhorar seus processos de RH?

Fale com a nossa área de Negócios e saiba tudo sobre o nosso teste Mapa. Em resumo, ele possui amostra 100% brasileira, aprovação pelo CFP e indicadores para avaliar de riscos. É também uma ferramenta on-line com sistema de gestão e muito mais.

Agora, vamos conversar um pouco mais sobre a importância da saúde emocional no trabalho? Continue a leitura!

O que é saúde emocional?

O termo saúde emocional, embora usado em diversos meios, ainda é carente de definição oficial. Por vezes, sua descrição se baseia em um equilíbrio, um bem-estar.

A OMS, por exemplo, diz que a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Nesse sentido, não é apenas a ausência de doença.

Na Mapa, entende-se saúde emocional como um bem-estar geral e sua avaliação não se reduz apenas a aspectos como ansiedade e estresse. Ela também diz respeito a uma análise dos fatores protetivos e de risco que podem afetar em menor ou maior grau a vida de uma pessoa.

Por que investir em saúde emocional no trabalho?

As pessoas passam grande parte de seu tempo no local de trabalho. Qualquer conflito neste ambiente pode tomar grandes proporções. Além disso, essas afetam tanto a qualidade das atividades quanto a vida pessoal.

Além de transtornos como estresse, ansiedade e depressão, a falta de saúde emocional pode trazer problemas físicos como fadiga, dores de cabeça, hipertensão, doenças etc.

Quando a saúde no trabalho se encontra sob ameaça, ela pode se manifestar por meio de consequências diretas na produção. Da mesma forma como traz; aumento de taxas de absenteísmo e turnover. Os quadros de estresse, por exemplo, correspondem a um número alto de afastamentos.

Outro problema é o presenteísmo. Essa é uma situação em que a pessoa vai ao trabalho, mas não consegue produzir bem. Portanto, trata-se de um assunto que merece reflexão e exige ações efetivas.

Como ajudar a manter a saúde emocional?

Vamos, agora, conhecer algumas medidas simples que podem contribuir para a saúde emocional nas empresas!

Incentivo à construção de bons hábitos

É válido falar sobre a importância de cultivar bons hábitos, dentro e fora da empresa. Isso inclui um estilo de vida mais saudável. A exemplo, uma dieta saudável, prática de exercícios físicos, superação de comportamentos nocivos, como abuso de álcool etc.

Da mesma forma, é essencial trabalhar as questões emocionais da equipe. Isso pode ser feito, por exemplo, por meio de práticas de qualidade de vida. A empresa pode:

  • Oferecer um bom ambiente de trabalho;
  • Possibilitar o acesso a informações sobre Saúde Emocional;
  • Criar programas para promover o bem-estar físico e psíquico.

Estratégias de motivação

Assim como desmotivação é uma energia, que podem se espalhar e minar os resultados de uma equipe, a pessoa motivada também consegue influenciar de forma positiva a equipe.

Nesse sentido, a empresa que investe em ações de motivação tende a melhorar o clima entre a equipe e aumentar a produção e a qualidade do trabalho. São recursos que fortalecem o engajamento. Além de aumentar o sentimento de pertencimento ao grupo e a vontade de alcançar objetivos.

Clima agradável

Para que o clima no ambiente de trabalho seja bom, é preciso reforçar alguns pilares, como:

  • trabalho em equipe;
  • comunicação clara;
  • reconhecimento;
  • confiança;
  • resolução de conflitos etc.

Há, ainda, outras questões. Mas os principais fatores de um clima negativo são os mal-entendidos e os problemas de relacionamento. Por isso, vale dar uma atenção especial a esse aspecto.

Atividades que reforcem o bem-estar 

Se o dia a dia no trabalho é desgastante, nada melhor do que ter pausas para recuperar a energia. Grandes empresas, como Google, veem o quanto é essencial oferecer espaços para aliviar o estresse do profissional. E, por consequência, aumentar seu empenho e criatividade.

Mesmo sem a estrutura das empresas de grande porte, é possível facilitar esses momentos. Isso pode ser feito, por exemplo, por meio de atividades para relaxar. Por exemplo, ginástica e massagem laboral.

Quais os benefícios de ter uma equipe saudável?

Investir na saúde emocional é uma ação que traz benefícios em todos os níveis. Veja algumas das vantagens de ter uma equipe saudável:

  • Pessoas com mais consciência de suas emoções;
  • Relacionamentos  baseados no respeito;
  • Flexibilidade para o diálogo;
  • Motivação;
  • Mais engajamento para os resultados da empresa;
  • Aumento na produção.

Isso indica que tanto a equipe quanto a empresa têm ganhos com o incentivo à saúde emocional. Dar atenção a essa questão é uma medida crucial. Afinal, o capital humano é o recurso mais valioso de uma empresa.

Conheça as soluções da Mapa

Sabendo disso, você não pode deixar de conhecer o nosso teste psicológico Mapa, um instrumento de gestão de pessoas.

A amplitude de traços de personalidade permite resultados mais profundos e, por consequência, mais eficientes. Isso tanto nas seleções quanto no planejamento de programas de desenvolvimento de pessoas.

Na verdade, as nossas soluções são muito completas. Hoje, somos capazes de trabalhar com cultura organizacional, liderança, segurança do trabalho, saúde emocional e muito mais.

Acreditamos que, por meio de uma metodologia completa e de um diagnóstico organizacional profundo, podemos construir uma base de informações sólida para empresas entenderem seus colaboradores. E, assim, serem mais assertivas em seus processos de RH.

Então, aproveite para ler mais sobre saúde emocional no nosso blog.